segunda-feira, 31 de março de 2014

#4 - A tentação de usar o Facebook


Caros leitores, saudações!

A postagem de hoje (estou fazendo uma por mês, aproximadamente), vem denunciar o Facebook como sendo o inimigo número 1 do escritor. Explico...

Na última postagem, escrevi sobre o trabalho da transcrição. Leva tempo e dedicação. Entretanto, essa Rede Social criada pelo Mark Zuckenberg, se torna uma vilã no momento em que "rouba" grande parte do seu tempo livre para trabalhar. Tendo em vista que para transcrever uso o computador, a tentação de usar o Facebook é enorme.

"Ahh, você pode simplesmente desativar sua conta, Sensei!"

Aí está o agravante: Não, não posso. Ou melhor... Não devo. O facebook pode até ser usado para muitas besteiras, mas também se tornou um ambiente de trabalho. Nele estão muitos contatos de várias épocas da minha vida, além de grupos cuja comunicação com os meus alunos são bastante facilitadas, além dos meus projetos paralelos como a Monarquia e outros Blogs.

Não é algo impossível desativar a conta que criei em 2007, mas com certeza perderei em muitas coisas. O ideal é saber separar um tempo para utilizá-lo e separar outro para transcrever. Isso exige uma disciplina que parece estar além do que posso alcançar no momento.

Mas não criei esse Blog por nada. Tenho que superar essas dificuldades e espero que no próximo post, eu possa trazer alguma evolução em meio às transcrições e leituras.

Obrigado por acompanharem este sonho.

Um comentário:

Débora Oliveira disse...

#foco, #força, #fé e #folha, rs.